E-commerce

E-commerce, ou comércio eletrónico, refere-se a todas as transações (compras e vendas) de bens ou serviços feitas através da internet, utilizando interfaces como websites, aplicações móveis, entre outros.

A utilização de canais de comércio eletrónicos permite aos vendedores estar onde quer que estejam os seus clientes, abrindo assim exponencialmente o potencial de crescimento de qualquer negócio. O e-commerce está em crescimento e a tendência é para aumentar.

Tipos de e-commerce

Tal como nos negócios tradicionais, existem diferentes modelos de negócio digitais, que variam consoante os objetivos da empresa e o tipo de cliente a que ela atende:

  • B2B (Business to Business): modelo de negócio eletrónico que se realiza entre duas empresas, geralmente com o propósito de revenda de artigos;
  • B2C (Business to Consumer): este é o tipo de comércio eletrónico mais frequente e é utilizado pelas empresas que desejam disponibilizar um serviço ou produto para o consumidor final. Este modelo de negócio é utilizado quer por empresas que já têm um negócio tradicional e que querem disponibilizar também a sua oferta online, quer por empresas que se dedicam exclusivamente à venda online e que apenas têm este canal de vendas.
  • C2C (Consumer to Consumer): este tipo de e-commerce envolve transações entre consumidores, geralmente através de um marketplace – plataforma online criada com o intuito de promover vendas através da internet. Tipicamente, neste modelo um consumidor pretende vender um artigo que possui e disponibilizá-lo a outro consumidor, e recorre a plataformas online destinadas para o efeito.
  • C2B (Consumer to Business): neste modelo é o consumidor que cria valor e as empresas consomem esse valor. Por exemplo, quando um consumidor é pago para escrever um comentário ou opinião acerca de um produto ou serviço, ou quando tem uma ideia que pode interessar a uma determinada empresa. Outra forma de C2B é a venda de um produto ou serviço por parte do consumidor à empresa. Este modelo reverte totalmente o conceito tradicional de negócio, em que são as empresas a vender ao consumidor. O marketing de afiliados é um exemplo de C2B, em que o consumidor partilha, recomenda e promove determinado serviço ou produto de uma empresa e recebe uma comissão por cada venda efetuada por este meio.

Ter um negócio ou uma loja online significa a possibilidade de ter uma “porta” aberta 24 horas por dia, 7 dias por semana. Mas, tal como nos negócios tradicionais, atrair clientes não é fácil pelo que a criação de um projeto e-commerce envolve a definição de um modelo de negócio adequado, a escolha dos canais de venda e a criação de uma estratégia de marketing digital que permita alcançar os resultados desejados.

Perguntas semelhantes: