Pitch

Um pitch é uma apresentação breve e resumida de uma empresa, ideia de negócio ou de um projeto a um potencial investidor. É comum ser utilizado por startups para angariar capital de um investidor, mas também pode ser utilizado pelas empresas para vender um produto ou até para conseguir um parceiro de negócio ou um recurso necessário para o desenvolvimento de determinado projeto.

Sendo uma apresentação muita curta, o objetivo do pitch é gerar curiosidade e despertar o interesse do investidor para que dê ao empreendedor a oportunidade de, posteriormente, explicar a sua ideia ou projeto em detalhe.

Tipos de pitch

O pitch é uma das ferramentas mais importantes de um negócio. Afinal, se não consegue explicar às pessoas qual é o problema ou necessidade que quer resolver e porque é que a sua solução é importante, provavelmente está condenado logo à partida.

Há essencialmente três tipos de pitches para os quais deve estar preparado:

  1. Pitch de elevador: Este é talvez o tipo mais importante. Como o nome sugere, o objetivo é que consiga apresentar a sua ideia muito rapidamente, como se estivesse num elevador e tivesse que convencer o ouvinte até ao momento da porta abrir. Meros segundos ou minutos, portanto.
  2. Pitch curto: Se o investidor ficar curioso com a sua ideia ou proposta e quiser saber mais, poderá ter a oportunidade de apresentar melhor o seu projeto ou empresa. Tipicamente esta apresentação dura 5-10 minutos.
  3. Pitch longo: Poderá ter a oportunidade de explicar, com mais tempo e de forma detalhada, em que consiste o seu projeto e a sua empresa, e disponibilizar dados e detalhes financeiros. Embora seja uma forma de pitch mais longa, não deve ultrapassar os 20 minutos.

Deve ter estes três tipos de pitch bem preparados e ensaiados para que não seja apanhado de surpresa quando surgir a oportunidade de falar do seu negócio ou projeto.

10 dicas para um pitch de sucesso em 2020

  1. Seja breve e vá direto ao ponto;
  2. Transforme o seu pitch numa história. Deixe os dados e os números para mais tarde;
  3. Se tiver a oportunidade de fazer uma apresentação visual, utilize poucos slides;
  4. Explique exatamente em que consiste a sua ideia, que problema ou necessidade pretende colmatar e o que a torna única;
  5. Defina exatamente quem é o seu público-alvo e como tenciona chegar até ele;
  6. Esclareça como é que vai obter rendimentos e lucro;
  7. Mostre ao investidor o que vai ganhar com o seu projeto ou negócio;
  8. Demonstre entusiasmo na apresentação;
  9. Pratique até estar perfeitamente seguro do que vai dizer;
  10. Antecipe eventuais questões ou dúvidas.

Perguntas semelhantes: