23. Feb 2018 | Empreendedorismo

As 5 melhores plataformas de e-commerce em 2018

O comércio eletrónico é um tema incontornável para muitas empresas e é algo que veio para ficar já que os consumidores estão cada vez mais confiantes neste tipo de “negócio virtual”. Segundo o estudo desenvolvido pela ACEPI – Associação da Economia Digital, só em Portugal as compras na internet alcançaram os 4,6 milhões de euros em 2017 e prevê-se que em 2018 haja um crescimento deste número.

Devido às perspetivas de crescimento do e-commerce e à preferência que muitos consumidores têm por este canal de vendas, é necessário que as empresas se adaptem e apostem numa presença no mercado de comércio eletrónico para poderem ter sucesso.

Existem várias plataformas que lhe permitem ter a sua própria presença online, em seguida apresentamos as 5 melhores em 2018.

  1. Shopify
  2. WooCommerce
  3. Magento
  4. BigCommerce
  5. OpenCart
As melhores plataformas de e-commerce
Com a preferência de muitos consumidores pelo mercado de comércio eletrónico, torna-se necessário que as empresas se adaptem e apostem nesse canal de vendas para poderem ter sucesso.

Shopify

O Shopify é o líder das plataformas de alojamento de sites de e-commerce no mercado. Este site aloja mais de 75.000 lojas online. Este possui um sistema muito simples que lhe permite criar uma loja com apenas alguns cliques. A existência de muitos temas torna muito fácil criar uma loja para qualquer tipo de consumidor. Com o add-on do Shopify para Billomat, pode-se automatizar a cobrança de pedidos recebidos e controlar a sua contabilidade.

Benefícios:

– Muitos templates e temas;
– Otimização SEO de boa qualidade;
– Apoio ao cliente disponível 24 horas por dia.
– Bom para empresários em nome individual ou pequenas empresas.

Desvantagens

– Interface de gestão um pouco complexa.

WooCommerce

O WooCommerce funciona com base na plataforma CSM do WordPress. Basicamente, trata-se de um plugin gratuito que lhe dá a possibilidade de criar lojas online. A principal vantagem é a facilidade de gestão. É uma plataforma de grande interesse para pequenas empresas que ofereçam até 100 produtos para venda. Apesar de ser um plugin gratuito, algumas funcionalidades adicionais têm um custo. Para te ajudar, o Billomat possui um plugin que conecta sua loja do WooCommerce direto com a sua faturação e gerenciamento de clientes.

Benefícios

– Facilidade de gestão;
– Muitos temas grátis;
– Existem muitos técnicos disponíveis para trabalhar com esta plataforma.

Desvantagens

– Por questões de escala, esta plataforma pode não ser adequada para lojas online muito grandes.

Magento

Magento é uma das plataformas de e-commerce mais populares para criar lojas online. Também é uma das mais caras e mais exigentes em termos de recursos do servidor dedicado. É construída em tecnologia de código aberto e permite que ajuste a loja de uma maneira flexível. O sistema tem funções de gestão de conteúdo, ferramentas de marketing poderosas e otimização para motores de busca. É mais indicada para grandes empresas.

Benefícios

– Muitos plugins disponíveis;
– Um elevado nível de segurança;
– É fácil de ajustar a escala da loja caso seja necessário.

Desvantagens

– Necessidade de servidor de elevado desempenho;
– Baixa rapidez dos sites.

BigCommerce

O BigCommerce possibilita a construção de lojas online e a sua tecnologia é usada por lojas em centenas de países. Com esta plataforma pode ter à sua disposição vários meios de pagamento e diversos temas para personalizar a sua loja. Uma das características mais distintivas é a facilidade que proporciona para integrar as lojas com as redes sociais.

Benefícios

– Boas ferramentas de marketing digital;
– Facilidade de gestão da loja online;
– Lojas online com carregamento rápido.

Desvantagens

– Dificuldade de migração para outros sistemas ou plataformas;
– O serviço de apoio por telefone não está disponível a qualquer hora.

OpenCart

A plataforma de e-commerce OpenCart é das mais simples do mercado. É muito adequada a lojas pequenas, apesar de existir a possibilidade de construir lojas grandes também. A estrutura para inserir produtos e fazer modificações nos mesmos é bastante simples e intuitiva e trata-se de uma plataforma de código aberto por isso é possível desenvolver plugins adaptados à sua loja.

Benefícios

– Painel de controlo simples de utilizar;
– Elevado nível de segurança.

Desvantagens

– Existem poucos plugins prontos a serem usados;
– Fraco apoio ao cliente;
– Problemas com a instalação de temas;
– Problemas com as atualizações.

Artigos semelhantes:

Billomat folgen: